Brasileiros, seus otários.

Um país rico é um país sem pobre. É claro, governo inútil. Ou seria apenas o governo que é o inútil repugnante que habita e corrompe a nossa nação? Estamos cheios de gente querendo se dar bem às custas dos outros ou até mesmo dando aquele jeitinho brasileiro nas coisas. Mas que jeitinho é esse? Jeitinho de ser um retardado?

Passar a perna nos outros é algo que a maioria da população brasileira se preocupa. Às vezes mais até do que comprar um produto legalizado. Mas ai vem outra questão: Onde enfia esses impostos todos que são embutidos em cada coisa que compramos? Ah, sim… enfia lá no… melhor, na carteira daqueles que deram aquele jeitinho pra lucrarem mais.

E a mídia? Poderosa mídia mentirosa que na verdade quer deixar as pessoas cada dia mais cegas. Não passam a informação que deveriam e muito menos mostram o que as pessoas tem de bom. A mídia televisiva é uma obra feita para coletar os legítimos zumbis: Controlados por alguma força maior e que acreditam cegamente em tudo o que vêem, assim como a maioria das religiões que temos aqui no Brasil e continuamos tendo pessoas, que sinceramente, eu ainda acho que vivem no século passado.

Pessoas que acreditam que só porque sua preferência é “X” ou “Y” e é diferente da maioria comum, pobres coitados que não sabem pensar. Malditos que cuidam mais da vida dos outros do que a sua própria vida e então, ela vira uma merda, voltando a querer dar aquele jeitinho brasileiro.

Então voltamos a falar sobre otários, isso é, se alguma hora eu não deixei de falar sobre isso. Porque o povo brasileiro? Pois sou um brasileiro, convivo com brasileiros e não sou ninguém para julgar as pessoas de outros países, afinal, não vivo lá, e se fosse viver, provavelmente eles também teriam defeitos, mas nós não parecemos enxergar isso e então ficamos ali babando em cima do que não temos aqui em nossa terra ou querendo que todos sejam brancos, dos olhos azuis e de cabelo loiro. Mais uma vez, otários porque deixamos a nossa raça de lado, os nossos conceitos, paradigmas e cultura de lado.

Quer mudar? Comece por não jogar o lixo no chão e comece a selecionar o que você anda vendo em jornais, revistas e televisão. Vá procurar algo bom para se informar em vez de ficar assistindo quem foi a última vítima da violência, afinal, quando você assiste isso, você está alimentando o ego daqueles que a praticam.

Entende? O seu jeitinho brasileiro só ferra com tudo. Largue de querer ter vantagem em cima de tudo ou de mentir para o Estado, ou na verdade, para si mesmo, achando que você está bem mas na verdade está cego para o que está à sua volta. Larguem de ser tão passivos e só receber informações mastigadas de forma à la carte e comece a pedir o que você mesmo gosta, desde sua origem. Não se deixe continuar sendo um otário.